InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Vanya Abisaga

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Fah



Mensagens : 3
Data de inscrição : 07/10/2011

MensagemAssunto: Vanya Abisaga   Dom Out 09, 2011 3:19 pm

DADOS BÁSICOS
    Nome completo: Vanya Abisaga
    Local de nascimento: Vladivostok, Primorsky, Rússia
    Data de nascimento: 01 de 09 de 1990
    Raça: Sangue Puro
    Relacionamento: Solteira
    Patrono: [breve]
    Varinha: Corda de Coração de Rabicurto, Cornus, Não Flexível, 28 cm.


BIOGRAFIA
Infância
    Nasceu em Vladivostok e sempre foi muito carinhosa e alegre, apesar de não receber carinho algum de sua mãe, Yelena. Sempre odiou ficar parada por muito tempo, então logo fez amigos na vizinhança, o que agradava sua mãe, assim ela passava grande parte de seu tempo na rua, brincando com os amigos do bairro, ao invés de ficar dentro de casa. O pai de sua melhor amiga aos 5 anos, lhe deu aulas particulares e gratuítas de violino, que ela aprendeu rapidamente e pediu um instrumento próprio para a mãe, que lhe deu o violino, mas delimitava um horário de prática para não ter que ouvir as músicas por muito tempo.
    Vanya sempre teve uma facilidade muito grande de entender os sentimentos das pessoas sem que estas a dissessem nada, mas ela nunca falou sobre isso com ninguém pois tinha medo que sua mãe a rejeitasse ainda mais.


Vida escolar
    • Escola: Liceu Rorshokdyra
    • Casa: Koldun

    Era uma boa aluna, não excelente, pois sempre foi muito desastrada e diáriamente quebrava alguma coisa nas aulas práticas, como Técnicas de Duelos. Odiava Feitiços Combativos e não conseguia se divertir em nenhuma aula que envolvesse exercícios físicos, porém conseguia manteras notas na média e assim conseguia passar longe dos Delatores, tentando sempre chegar na hora e convencer os Delatores a fechares os olhos quando fazia algum pequena coisa errada, mesmo que quase nunca funcionasse. No quinto ano, estudou mais e chegou até mesmo a receber a medalha de "Excelentíssima Mente Mágica", o que a deixou muito feliz. Porém, Vanya era malvista por outros alunos por não ter sido reconhecida por seu pai e ser considerada uma "bastarda", então não tinha muitos amigos, apenas 2 ou 3 alunos do ano anterior ao dela, entre eles, Mihail Adrik Belinikov, com quem começou a conversar quando estava no sexto ano e ele, no quinto. Se interessou por ele, e logo ficaram algumas vezes, começando a namorar quando Vanya estava iniciando o 7º ano. Como Mihail não se dava bem com os pais, Vanya não falav muito com a mãe e não era reconhecida por nenhum homem como 'pai', o namoro foi considerado "Relacionamento Amoroso Sem Permissão" pela direção da escola. Como ambos eram sangue-puros, nenhum dos dois jamais chegou a receber algum castigo tão grave quanto a aplicação de uma Maldição Imperdoável, por exemplo; mas por muitas vezes foram punidos, até mesmo fisicamente, por sua insistência no relacionamento. Isso tornou o último ano de Vanya na escola bastante conturbado e a diretoria pareceu até mesmo aliviada quando ela se formou e finalmente se afastou de Mihail.

    Adulto
      Quando chegou em casa, saíndo da escola após se formar, a primeira coisa que Vanya encontrou, foi sua mãe enforcada na sala de estar, o que mudou sua vida completamente. Vanya ficou 3 dias em casa trancada no quarto, sem saber o que fazer, e quando os vizinhos começaram a sentir o cheiro de sua mãe morta na sala, invadiram a casa e encontraram Vanya em estado de choque, com os olhos vazios e perdidos, sentada no chão do quarto com todas as roupas e tecidos do quarto cortados e espalhados pelo chão. Vanya foi enviada para uma clínica psiquiátrica muito severa, o que só piorou seu estado emocional, a tornando cada vez mais depressiva e distante, ou as vezes eufórica e alegre demais.
      Por muito tempo, os médicos procuraram entender a doença de Vanya, sem conseguirem se decidir entre transtorno Bipolar, Múltiplas Personalidades, Depressão Profunda ou Esquizifrenia. Cerca de dois anos depois, chegaram à conclusão de Transtorno Ciclomítico. Nunca foi exatamente tratada, só começou a aceitar melhor os sedativos que recebia para se tornar mais calma e não atrapalhar as outras internas.
      Então, com esse comportamento 'bom', Vanya foi liberada 8 meses depois, porém, não tem dinheiro nenhum e nem ninguém com quem contar. Suas memórias recentes, de antes da internação, foram deletadas por causa de seu trauma e ela já não lembra de Mihail e de seus outros amigos. Suas únicas lembranças à levaram para seu pai e tudo que sua mãe sempre contou dele, então ela decidiu ir atrás dele para procurar abrigo ou alguém que cuidasse dela.


PARENTES
    PAI: Nureyev Kassa
      Nureyev, 60 anos, é a ovelha negra da família, que é da Noruega. Fugiu da escola no quinto ano e se mudou para a Rússia, onde começou a vender drogas e passar noites com inúmeras prostitutas do mundo bruxo de lá. Aos 20 anos voltou para a Noruega, onde viveu por muitos anos e passou a criar seu sobrinho, Ingel. Quando Ingel saiu da escola e se mudou para a Rússia para trabalhar, Nureyev também foi para lá e ajuda o sobrinho e sua "gangue" com os negócios, mas na maior parte do tempo só gasta o dinheiro que tem de herança de seus pais e "namora" com muitas meninas por noite. É expansivo e descontrolado, sem medo do perigo e sem a menor noção da quantidade de filhos que pode ter ao redor do mundo, e por isso não conhece Vanya e nem mesmo lembra do rosto de sua mãe, só se importa realmente com Ingel e mesmo assim não demonstra isso nem sob tortura.

    MÃE: Yelena Abisaga Yevgeni
      Boa filha, ajudava os negócios da família e estava noiva de um bom homem quando conheceu Nureyev. Passou apenas alguns dias com ele, em um caso, mas acabou engravidando e perdeu o noivo e o respeito da família. Desde então fugiu para Vladivostok para criar a filha sozinha, mas sempre conviveu com a culpa de perder a vida perfeita que tinha e por anos, enquanto Vanya estava na escola, cativou um ódio muito grande por Nureyev e até mesmo por Vanya, então no dia em que a filha se formou na escola e voltou para casa, Yelena se enforcou na sala de estar, e quando a menina chegou em casa a viu assim. Faleceu aos 40 anos.



APARÊNCIA
    Tem 1,67m e 55 kg. Magra, tem um corpo simples, e pele muito branca. Os cabelos são muito ruivos e compridos, costuma usá-los presos e até com mechas coloridas presas entre eles. Usa maquiagem forte, que lembra s antigas bonecas de porcelana, com a boca arredondada e pequenos corações desenhados no rosto ou nos braços. Os olhos são verdes, e apesar dos cabelos ruivos, tem as sobrancelhas escuras e bem marcadas, quebrando um pouco a aparência angelical de seu rosto.
    As roupas são comuns para uma bruxa da Rússia. Corpetes, espatilhos, saias longas, meias 7/8. Gosta de meias e blusas com listras em preto ou vermelho, e raramente usa alguma roupa sem detalhes coloridos. Suas saias tem fendas laterais e tules para a armação do tecido. Muitas vezes usa cinta-liga e calcinha aparecendo, sendo que esta calcinha muits vezes tem babados e rendas, o que dão um ar quase infantil à todo o figurino. Seus sapatos são geralmente coturnos pretos, ou vermelhos.


PERSONALIDADE
    Muito falante e desastrada, Vanya frequentemente derruba, quebra e destrói o que está ao seu redor. É alegre e costuma gostar conversar e interagir e sabe ser bastante carinhosa com os que são legais com ela. Porém, após o trauma de ver sua mãe morta, foi diagnosticada como portadora de Transtorno Ciclomítico: Tem crises de euforia constante ou depressão, que duram até 6 dias quando acontecem, mas que podem se espaçar por até uma semana, uma crise de outra. Se torna agitada, quase não dorme e não come. Seu apetite sexual aumenta consideravelmente e cogita suicídio. Alterna entre megalomania e alta falta de auto-estima. Quando está passando por uma crise, pode se afastar totalmente de todos ou se tornar muito carente. Por causa da doença, perdeu a capacidade de memorizar nomes e rostos de pessoas que recém conheceu e só passa a se lembrar de acontecimentos recentes depois que explicam para ela 3 ou 4 vezes o que aconteceu. Não consegue se concentrar na mesma coisa por mais de 15 minutos ou na mesma atividade. Pode estar conversando com alguém, e de repente perguntar quem é a pessoa. Vanya não sabe muito bem o que é certo e o que é errado, portanto não julga as atitudes dos outros e nem dela mesma. Fala sozinha quase o tempo todo como se fosse mais de uma. Ex: "ele nos disse que sim". Então muitos julgariam que ela possui multiplas personalidades.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Vanya Abisaga
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
WW Fichas :: FICHAS :: Fichas do Wizard World-
Ir para: