InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Sabelle Cailler

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Rebs

avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 03/05/2011
Idade : 30
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Sabelle Cailler   Qua Maio 04, 2011 9:12 am

DADOS BÁSICOS
    Nome completo: Sabelle Elise Cailler
    Apelido: Belle, Lis
    Local de nascimento: La Côte-aux-Fées, Suíça
    Local de residência: Runespoor, Faoinrún
    Data de nascimento: 10 de Julho de 1994
    Idiomas:
    • Francês fluente: Nasceu na área francesa da Suíça, aprendendo o idioma desde pequena;
    • Alemão fluente: Estudou em uma escola trouxa em sua cidade, aprendendo os idiomas oficiais da Suíça. Pegou gosto pelo alemão, se empenhando em aprendê-lo;
    • Italiano não-fluente: Apesar de também ter estudado em seu colégio antes de ser aceita em Beauxbatons, não gostou do idioma, deixando-o um pouco de lado para se dedicar ao Alemão. Entende, fala e escreve bem, mas não é completamente fluente;
    • Latim não-fluente: Ainda precisa aprender muito para considerar-se fluente, porém aprende o idioma desde pequena com seu avô;
    • Irlandês e inglês fluentes: Estuda há nove anos. Seu avô lhe envia tarefas de escrita e leitura por coruja e nos finais de semana e nas férias tem aulas de conversação. Pediu à ele que lhe ensinasse para poder frequentar Sileas ou CLAN, universidades pelas quais se interessava;
    Estado civil: Solteira
    Sexualidade: Heterossexual
    Sexo: Feminino
    Relacionamento: Solteira


DADOS ACADÊMICOS
    Escola e casa: Beauxbatons, Sage
    Nota dos exames: 19 Brevets e 20 Bacs
    Universidade: Sileas
    Formação: Aritmância e Transfigurações & Feitiços


DADOS MÁGICOS
    Raça: Mestiça
    Talento especial: Estuda animagia, mas não pretende tentar se tornar animaga até estar certa de que dará certo.
    Patrono: Seu patrono é um lince. Acredita que isso seja um reflexo de seu avô, animago que se transformava no animal.
    Bicho-Papão: O local onde está fica completamente escuro e não consegue enxergar nada. O motivo é seu trauma de lugares escuros e fechados, devido à um acidente em sua infância.
    Varinha: Faia, inflexível, Cabelo de veela, 12.9 polegadas (32.8 cm). No punho da varinha tem um SC, queimado por Flagrate e pintado com prata líquida, diferenciando sua varinha. As letras representam as iniciais de seu nome, Sabelle Cailler.


DADOS FÍSICOS
Descrição básica: Olhos cor de mel, cabelos ondulados com leves cachos, repicados e relativamente longos, abaixo do ombro, em um tom castanho-acobreado com uma franja cobrindo a testa. Às vezes seu cabelo parece mais ruivo do que castanho, principalmente no sol.
Tem seios fartos e um corpo curvilíneo, não é magra, mas não chega a ser obesa, constantemente seu peso oscila, dependendo de seu nervosismo. Suas bochechas são salientes com algumas sardas, mais visíveis após o verão, quando está bronzeada, apesar da pele ser bem branca durante quase todo o ano.
Expressiva, demonstra demais as emoções através do olhar e do rosto, mordendo os lábios, franzindo o cenho e o nariz ou sorrindo abertamente: seu sorriso é largo e contagiante, ficando com covinhas ao exibi-lo.
É baixinha, mas não se importa com sua altura e não usa salto alto para parecer mais alta do que é de fato.
Altura: 1,61
Peso aproximado: 75kg
Vestuário: Bem menininha, costuma usar vestidinhos fofos e sapatilhas sem salto. Raramente usa calça comprida, preferindo sempre conjuntinhos de saia e blusa ou vestidos fofos, com um ar meio vintage. Não costuma usar jóias, apenas um cordão, herança de família.
    Celebridade: Kate Nash


DOSSIÊ
    FAMÍLIA
      Pais:
      • Pai: Luc Destin Cailler, 64 anos, artesão trouxa.
      • Mãe: Esmé Lucille Cailler, née Beaumarchais, 53 anos, bruxa aposentada.

      Irmãos:
      • Matthias Guillaume Cailler, 20 anos, universitário de CLAN, ex-aluno da Pouvoir.
      • Henri Olivier Cailler, 17 anos, estudante de Beauxbatons, aluno da Sage, délégué chef.

      Avós maternos:
      • Avô: Olivier Leone Beaumarchais, 118 anos, ex-professor de Beauxbatons e Sileas. Lecionava Transfiguração.
      • Avó: Cecille Bernelle Beaumarchais, née Ledoux, 99 anos, ex-musicista.

      Veio de uma família pequena e tipicamente rural. Seu pai é trouxa e artesão há seis anos. Antes disso trabalhava em uma fazendo próxima à residência dos Cailler como domador de cavalos. Sua mãe é tipicamente bruxa e puro-sangue, brigou com a família quando decidiu se envolver com um trouxa, mas a relação foi aceita quando engravidou de Luc antes de se casarem. Esmé se formou em Sileas, em Direito Bruxo e trabalhou no Escritório de Direito Mágico Internacional dos ministérios da magia francês e suíço. Luc é 11 anos mais novo que a esposa, outro fator que contribuiu para os pais de Esmé não aceitarem facilmente a relação.

      Além de Sabelle, possuem um filho de quinze anos, Henri Olivier que também estuda na Sage, e um de dezoito, Mathias Guillaume. Mesmo sendo mais novo, Henri protege a irmã de tudo. Mathias atualmente cursa CLAN e quer um estágio no Ministério suíço.

      Atualmente a família vive numa casa modesta, construída por Luc antes de Mathias nascer e aumentada com o nascimento de Sabelle e Henri. Os três possuem quarto próprio, mas apenas Sabelle possui uma suite, insistência de sua mãe, que disse que "meninas precisam de privacidade".

      A família Beaumarchais é rica, mas Esmé se nega a pedir dinheiro aos pais, uma atitude baseada em seu orgulho, para mostrar que Luc e ela são capazes de sustentar os filhos sem auxílio, mesmo Luc sendo trouxa.

    BIOGRAFIA
      Infância
        Foi muito paparicada pelos pais e pelos irmãos, que a protegiam demais, tornando sua vida um inferno em Beauxbatons.

        Desde pequena se interessou por livros e histórias, vivia pedindo à mãe para que lesse contos bruxos, como "Os contos de Beedle, o Bardo" e também contos trouxas, como "A Bela Adormecida" e "Cinderela". Achava divertida a visão que os trouxas como seu pai tinham de bruxos, por já ter se acostumado com a magia da mãe.

        Aos quatro anos, ficou trancada no armário de vassouras completamente escuro, desde então pegou trauma de locais escuros, odiando estar sem alguma forma de claridade. O feitiço que mais realiza, sem dúvida, é Lumus e seu bicho papão lhe dá a impressão de estar em um local escuro e pequeno, sentindo-se enclausurada.

        Aos cinco anos seu pais construiu uma casa na árvore, a princípio era para os três filhos, mas ao ver o amor que Sabelle tinha pelo local, deu outros presentes para Mathias e Henri, deixando a casa apenas para Belle.

        Graças à avó, toca violão e piano e canta muito bem, após todas as aulas de canto que recebera de Cecille. Apesar de ser uma boa musicista, nunca deixa ninguém ouvi-la cantando ou tocando, apenas seus avós. Seu quarto é enfeitiçado, de forma que o som que produz ao treinar não é ouvido externamente.

        Sentiu inveja do irmão quando ele foi para Beauxbatons e intensificou seu treinamento com os avós, por pura vontade de aprender. Ficou pasma quando Mathias foi para Pouvoir e um pouco medrosa, sem querer que o mesmo acontecesse consigo quando ingressasse no colégio.

        Até seus onze anos, Sabelle viveu com a companhia constante dos avós maternos, a quem visitava praticamente todos os dias, uma vez que Esmé não tinha com quem deixar as crianças e os pais de Luc não eram mais vivos. Olivier era animago e desde pequena se interessou pelo assunto, estudando com ele o assunto até hoje. Apesar dele insistir que já sabe o suficiente para se transformar, ainda não tentou realizar a magia por puro medo. Cecille por sua vez ensinou a neta diversos instrumentos músicais e técnicas de canto, sempre tocando com a neta após os jantares. Enquanto Sabelle estudava música com Cecille, Mathias e Henri estavam com seu avô e quanto estava com Olivier, normalmente os meninos estavam jogando quadribol.

        Quando recebeu sua carta de Beauxbatons, ficou absurdamente feliz e pediu à sua avó para levá-la imediatamente ao Lieu para comprar sua varinha. Seu pedido foi atendido e no mesmo dia a comprou. Mesmo sem saber nenhum feitiço, ficava balançando a varinha, se imaginando nas aulas. Seu avô então começou a lhe ensinar movimentos de varinha, para que junto às aulas de Latim, obtivesse um excelente desempenho nas aulas de Feitiços e Transfiguração.

      Adolescência
        Ao contrário do que temia, foi selecionada para a Sage, mantendo-se longe do irmão e próxima à pessoas que amavam tanto livros e conhecimento quanto ela. Ainda assim, mesmo sendo de casas diferentes, Mathias conseguia sempre saber onde Sabelle estava e com quem e constantemente ameaçava seus amigos, achando que estavam dando em cima de sua irmã. Henri tentou continuar o que Mathias fazia, mas Belle vira e mexe fogia dele, impedindo-o de encher sua paciência com perguntas e ciúmes tolos, sem saber que suas colegas contavam sua vida toda pro irmão.

        Nunca namorou e era um pouco tímida a qualquer contato, por quase não ter amigos do sexo oposto. Eram raras as pessoas que considerava seus amigos, mesmo sendo alegre, jovial e sempre disposta a ajudar, principalmente os mais novos. Com quinze anos foi nomeada délégué da Sage uma semana antes de iniciar seu quinto ano no colégio, desde então aumentou sua ajuda aos alunos mais novos, agindo como tutora, tirando dúvidas sobre as regras, às quais odiava quebrar, e sobre as disciplinas que cursou.

        Apesar da idade avançada, sempre gostou de visitar os avós, mais até do que seus próprios pais. Estava na casa de seus avós quando Olivier faleceu e foi a primeira pessoa a vê-lo morto. Desde então parou de visitar a avó, pedindo que ela a visitasse na casa dos Cailler, já que a residência trazia muitas lembraças do avô e não se sentia preparada para enfrentá-las. Há três anos não entra na casa dos avós.

        Não é competitiva, mas gostaria de ser sempre a melhor aluna da sala e até mesmo da Sage. Quando não obteve vinte Brevets, ficou um pouco decepcionada, mas não liga tanto para isso, afinal, na semana de suas provas sua avó Cecille falecera, o que a deixou abalda emocionalmente. Sabe que em outras condições teria tido um desempenho ainda melhor. Ao fazer seu exame dos Bacs, conseguiu o resultado esperado de 20 Bacs, sendo uma das melhores alunas de seu ano. Com isso, tinha sua entrada em Sileas e CLAN praticamente garantidas, mas optou por Sileas ao conhecer a universidade durante suas entrevistas individuais.

      Juventude
        Chegou em Sileas no dia 24 de Agosto de 2012 e pretendia ter o melhor desempenho acadêmico possível.

    PERSONALIDADE
      Não é de jogar conversa fora, é calma, tranqüila e um pouco tímida, mas relaxa facilmente depois de conhecer e se acostumar com as pessoas. Absurdamente nerd, ama aprender coisas novas e fica muito entediada nas férias por não ter aulas. Gosta de ler, de estudar e de conversar com seus poucos, mas verdadeiros amigos. É um pouco infantil: ama olhar as estrelas, andar descalça, está sempre sorrindo, é fácil de se agradar e quase. É um pouco paradoxal quanto ao seu jeito de ser: se veste toda menininha, mas aposta corridas de vassoura; é tímida, mas fala com todos; não gosta de jogar conversa fora, mas está sempre conversando.

      Apaixonada por tudo o que faz, é bondosa, gentil e carinhosa. Um pouco carente, ama dar e receber carinho. Muitos a consideram "fofa", pelo seu jeitinho meigo, simpático e sorridente. Está sempre disposta a ajudar os outros e sempre acaba sendo tutora de alunos mais novos. Gosta de regras e sabe que elas existem para que o mundo funcione. É prática e racional, deveras metódica e perfeccionista.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://blablabooks.com
 
Sabelle Cailler
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
WW Fichas :: FICHAS :: Fichas de Sileas :: Runespoor-
Ir para: